www.blogdomarco.clic3.net

“E essa Justiça desafinada é tão humana e tão errada”. Renato Russo

Força Tarefa prende 28 acusados de fraudar auxílio-reclusão do INSS

Posted by marcocsouza em setembro 27, 2007

Do Uol:

A Força Tarefa Previdenciária prendeu nesta quinta-feira, na Paraíba, 28 pessoas acusadas de formar uma quadrilha especializada em fraudar benefícios de auxílio-reclusão, pago aos dependentes do trabalhador de baixa renda preso. A quadrilha atuava em diversos municípios paraibanos e causou prejuízo de R$ 3 milhões.

Fiscais do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), policiais federais e representantes do Ministério Público, integrantes da Força Tarefa, cumpriram 33 mandados de busca e apreensão de documentos nas casas e escritórios dos suspeitos.

A Operação Cárcere, desencadeada na madrugada de hoje, começou a ser preparada em junho, quando os técnicos verificaram um crescimento anormal no número de auxílio-reclusão na agência da Previdência em Catolé do Rocha.

Entre 2003 e 2006, foram concedidos 108 benefícios no município de apenas 27 mil habitantes, enquanto em Pombal outro município da região, com 33 mil habitantes, foram concedidos apenas nove auxílios-reclusão. Em João Pessoa, que tem 600 mil habitantes, foram apenas 102 no período.

Foram feitas prisões e apreensão de documentos em Catolé do Rocha, Pombal, Souza, Cajazeiras, Teixeira, Brejo dos Santos e em João Pessoa. Entre os 28 presos está o chefe do serviço de benefícios da agência do INSS em Catolé do Rocha e um advogado, suspeito de ser o chefe da quadrilha.

Na operação, os policiais prenderam também uma pessoa por porte ilegal de arma. O gerente do INSS em Campina Grande, responsável pelos postos da Previdência naquela região, Francisco Roberto de Souza Marques, informou que vai abrir inquérito administrativo e demitir o servidor preso na operação.

A Força Tarefa descobriu que a quadrilha tinha colaboradores em maternidades, que falsificavam a declaração de nascido vivo de filhos fictícios de presidiários, previamente aliciados pela quadrilha. Com esse documento, a quadrilha fazia o registro civil do suposto filho dos presidiários e pleiteava o auxílio-reclusão. As informações são do gerente do INSS em Campina Grande, Francisco Roberto de Souza Marques, o superintendente da Polícia Federal na Paraíba, Francisco Leônidas, e o delegado Derly Brasileiro, da Polícia Federal. O delegado informou que 109 policiais participam da operação.

A relação dos presos é a seguinte:

Ana Lúcia de Souza Lima, 35, doméstica, Catolé do Rocha
Aurenisa Pereira da Silva Santana, 35, doméstica, Pombal
Claudineide da Silva, 22, Natal-RN
Ednalva Diniz, 33, doméstica, Catolé do Rocha
Eliane Alves Galvão de Souza, 39, professora, Brejo dos Santos
Flávia Braz da Silva, 25, doméstica, Catolé do Rocha
Francisca Josivânia da Conceição Amaro, 27, professora, Brejo dos Santos
Gilson Cavalcante de Oliveira, 48, funcionário do INSS, Catolé do Rocha
Jeane Lopes da Silva Sarmento, 27, doméstica, Souza
Joelma Pereira dos Santos, 34, doméstica, Catolé do Rocha
José Lima Guedes Filho, 39, funcionário público, Catolé do Rocha
José Osni Nunes, 42 anos, advogado, João Pessoa
Josineide Lima da Silva, 30, doméstica, Catolé do Rocha
Kátia Suênia Alves Pereira, 34, vendedora
Katiana Alves Pereira Matias, 22, doméstica, Catolé do Rocha
Lindalva Freire, 35, doméstica, Catolé do Rocha
Luzia Veras de Figueiredo Silva, 48, doméstica, Catolé do Rocha
Maria Anunciada Caetano, 49, doméstica, João Pessoa
Maria das Dores Oliveira da Silva, 38, doméstica, Teixeira
Maria Eunice Gomes da Silva, 37, doméstica, Catolé do Rocha
Maria Marta Bezerra, 32, doméstica, Catolé do Rocha
Romilda Ferreira do Nascimento, 44, doméstica, Catolé do Rocha
Sheila Leila Pereira Simões, 23, doméstica, Catolé do Rocha
Sonália Ferreira do Nascimento, 25, doméstica, Cajazeiras
Vanusa Dantas da Silva, 29, doméstica, Catolé do Rocha
Veroneide Dias Martins, 35, doméstica, Catolé do Rocha
Wandra Cristina de Souza, 28, doméstica, Catolé do Rocha

Balanço

A Força Tarefa já prendeu, neste ano, 97 acusados de fraudes contra o INSS e cumpriu 108 mandados de busca e apreensão. Isso sem contar o resultado inicial da operação de hoje. O INSS estima que a ação da Força Tarefa resultou em economia mensal de R$ 3,6 milhões com a cessação de benefícios, que vinham sendo pagos ilegalmente.

Também nesta quinta-feira, policiais federais da Deleprev (Delegacia de Repressão a Crimes Previdenciários) de São Paulo deflagraram a Operação Hipocondria, com objetivo de desmontar uma quadrilha que fraudava o INSS com emissão de atestados médicos falsos e sua utilização para a obtenção de auxílio-doença.

2 Respostas to “Força Tarefa prende 28 acusados de fraudar auxílio-reclusão do INSS”

  1. Na luta pela Previdência Pública e de qualidade.
    http://caosnaprevidencia.blogspot.com/
    Abraços

  2. Maturéia quer mudança!!! said

    Fora Álvaro Dantas!!!
    O destruidor de Maturéia!!!!!!!!!!!!!
    Chico Mané e Emanuel!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: